Co-financiada pelo Fundo Social Europeu, através do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego – Programa Parcerias para o Impacto, desde 2016, tem como Investidores Sociais a Câmara Municipal de Amarante e a Fundação Manuel António da Mota.